Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Passeio ao Rojão

por BttAlfenense, em 31.01.11

Pela manhã, depois de assistir a um aquecimento da maluca da minha gata, hora de partir ao encontro do Roberto e do Domingos, que já me aguardavam para nos dirigirmos a Alfena, ponto de partida para mais um passeio BTT.

Lá chegados tivemos ainda a árdua tarefa de acordar o Paulo, que fruto de um deitar tardio, ainda ressonava à nossa chegada.

Passagem pelo café Sagitárius ponto de partida deste evento e depois de todo o grupo reunido partida para uma visita a Covelas, de molde a saborear o tão desejado Rojão da zona.

  

Pelo caminho, um track bastante rolante mas com a lama a fazer das suas e a proporcionar alguns momentos de puro gozo de utilização da bike. Sensivelmente a meio do trajecto um inesperado obstáculo, uma carrinha ocupava o íngreme trilho que fazíamos e ao transpor o obstáculo com surpresa nossa uma máquina dispensadora de tabaco jazia no trilho, conclusão viatura roubada e assalto.

Comunicado este achado às autoridades, e prosseguimos em direcção ao nosso objectivo, o tão desejado Rojão, algumas linhas de água transpostas e lá atingimos o destino desejado, para constatar que o tasco que pretendíamos visitar rebentava pelas costuras de ciclistas com o nosso mesmo objectivo, nada de grave, pois na zona não faltam tascos semelhantes.

  

Escolhido novo ponto de degustação e constatamos com surpresa que o serviço era de primeira qualidade, certo que acabou por ficar um pouco mais caro, mas a vista era de fazer salivar e o dito Rojão também não era nada mau.

Novamente em cima das Burras e pouco tínhamos andado quando o trilho escolhido se mostrou verdadeiramente fabuloso, pois uma subida bastante escorregadia, inclinada e técnica fazia-nos frente e apimentava um pouco o até então calmo passeio. Depois de concluída, mais um pouco de subida nos aguardava, mas desta vez mais fácil de transpor e com o bónus de ser seguida por uma descida em estradão que proporcionou um pouco de adrenalina e algumas imagens para o Vídeo.

Chegados á estrada, a hora ainda não apertava e a opção foi entrar por trilhos desconhecidos de todos que acabaram por nos conduzir mais rápido que o esperado ao nosso destino final.

 

Acabamos por fazer cerca de 20 km, com uma ascensão total de 379m ( nada mal para um pequeno passeio ), com uma velocidade média de deslocação de 11.6 km7h.

 

(Crónista: Gaspar Moreira)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:05



bttalfenense

Mais sobre mim


calendário






Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D